Empréstimo pessoal tem juros de até 466% ao ano; veja as simulações - Educação Financeira - Estadão E-Investidor - As principais notícias do mercado financeiro (2022)

  • O estudo analisou a contratação de crédito pessoal em quatro cenários: empréstimos de R$ 3 mil e de R$ 6 mil, sendo pagos em 12 e 18 parcelas
  • Para avaliar o custo final pago pelo consumidor em cada banco, a pesquisa analisou o Custo Efetivo Total (CET), indicador que reúne todos os encargos presentes na operação
  • O banco Banrisul foi a instituição financeira com as melhores condições de pagamento em todos os cenários analisados

A alta nos preços de 11,73% em um ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trouxe mais uma tarefa para as famílias brasileiras: ajustar as despesas básicas no orçamento em períodos de queda no poder de compra.

Leia também
Financiar imóvel fica 20% mais caro. Veja simulações

Para honrar com todos os gastos e até sair do endividamento, alguns consumidores recorrem ao crédito pessoal. No entanto, dependendo das condições, o empréstimo pode atrapalhar ainda mais os planos de manter as contas em dia.

Isso porque um levantamento realizado pela Associação Nacional de Consumidores, a Proteste, mostrou que a diferença nos juros cobrados pelas instituições financeiras sobre o crédito pessoal pode variar de 46% ao ano para 466% ao ano no mesmo serviço. Para chegar a esta conclusão, o estudo analisou o Custo Efetivo Total (CET) anual de 14 bancos.

Segundo a Proteste, o indicador contém todos os encargos, tributos e despesas presentes na operação e, por isso, serve como uma importante métrica de avaliação do custo final para o consumidor ao contratar um empréstimo.

A simulação levou em consideração quatro cenários possíveis: empréstimos de R$ 3 mil e de R$ 6 mil, sendo pagos em 12 e 18 parcelas. Em todos os cenários, houve uma diferença significativa no custo final para o consumidor entre as ofertas dos bancos. O banco Banrisul é o que oferece as melhores condições em todas as simulações.

No caso do empréstimo no valor de R$ 3 mil, sendo dividido em 12 parcelas, com juros 46,85% ao ano, o consumidor iria pagar no final da contratação do crédito R$ 3.671,64. Já no Simplic, em que os juros ficam em 466% ao ano, o valor final quase duplica, chegando a R$ 6.795,24. A diferença representa uma economia de R$ 3.123.

Agora, se o pagamento for feito em 18 meses, o crédito pessoal fica mais caro quando contratado na Losango, em que o CET é de 401,83% ao ano. Com esta condição, o valor final do fornecimento chega a R$ 8.528,04, enquanto no Banrisul custo será de R$ 4.020,66.

Na simulação do crédito de R$ 6 mil, em 12 vezes, a Portocred possui os maiores juros (409,58% ao ano), que são os responsáveis ​​por assumir o custo do crédito para R$ 13 mil, enquanto no Banrisul, o custo final chega a R$ 7.343,28. Se os R$ 6 mil fossem divididos em 18 parcelas, o consumidor iria pagar no total R$ 16.597,08 na Losango e R$ 8.041,14 no Banrisul.

Os resultados mostram a importância da pesquisa antes de contratar as condições. “Por ser uma linha de contratação rápida e pouco burocrática, é necessário atenção para não cair em ofertas pouco vantajosas para o bolso”, alerta Rodrigo Alexandre, especialista da Proteste.

Sobre as informações do levantamento realizado pela Proteste, o Itaú Unibanco informou ao E-Investidor que busca manter a melhor relação custo-benefício para os correntistas e preços competitivos no mercado.

"As taxas de juros do crédito pessoal dependem de fatores que vão além da taxa básica de juros, como por exemplo a inflação, os custos operacionais e as características de cada produto ofertado, assim como o perfil do cliente e sua capacidade de pagamento", informou o banco por meio de nota.

As outras instituições financeiras citadas no levantamento foram consultadas pelo E-Investidor, mas até o momento não se posicionaram sobre os encargos atribuídos ao crédito pessoal.

Quando contratar o crédito pessoal?

Com a forte adesão dos aplicativos das instituições financeiras, as ofertas de crédito pessoal surgem na “palma da mão” do consumidor e podem até parecer comouma “salvação” para quem já está no aperto financeiro. Porém, é preciso ter cuidado para que o empréstimo não aumente ainda mais a sua dívida.

Por isso, Larissa Quaresma, analista e educadora financeiro da Empiricus, alerta para que a contratação seja feita de forma muito planejada para que o valor da parcela esteja compatível ao orçamento.

“O ideal é pagar o empréstimo com menos parcelas. Quanto antes a pessoa acabar pagar, menos juros a pessoa vai ter de arcar. Mas isso vai depender da capacidade de pagamento porque não adianta você contratar um empréstimo com menos parcelas se não tem condições de arcar com aquele valor”, explica.

Alexandre, da Proteste, recomenda que o valor da prestação não ultrapasse mais do que 30% do orçamento de um consumidor. “O crédito pessoal deve ser sempre o último recurso para, de fato, sair do aperto. Até porque, ninguém gosta de pagar encargos”, afirma.

E nesta busca por crédito mais barato os empréstimos consignados podem aparecer como uma alternativa mais barata porque os juros costumam ser mais baixos devido à garantia de pagamento.

"Essa modalidade é oferecida para aposentados, pensionistas e servidores públicos, mas há empresas privadas que possuem acordos com bancos que disponibilizam essa linha de crédito para os seus funcionários. Vale checar”, acrescenta o especialista.

Oferta de crédito personalizada

O Open Finance, sistema de compartilhamento de dados, promete transformar a oferta de crédito no País. O sistema permite a troca de informações bancárias do consumidor, com o seu consentimento, entre as instituições financeiras.

A medida ajuda os bancos a analisarem de forma personalizada o perfil de risco de cada consumidor a partir do seu histórico bancário. Antes, essas informações eram restritas às empresas na qual a pessoa possui conta.

Segundo Gustavo Bresler, gerente de estratégia da Quanto, empresa de tecnologia para Open Finance, neste primeiro momento a tecnologia, que segue em processo de implantação pelo Banco Central (BC), deve ampliar o acesso ao crédito para os brasileiros. Essa mudança pode resultar na oferta de melhores condições de empréstimo.

“Há a expectativa de impacto direto no preço, já que o consumidor poderá utilizar os seus dados em outras instituições para conseguir taxas melhores. A competitividade criará uma precificação baseada no risco – e o risco pode ser aferido individualmente com o Open Finance”, explica Bresler.

A vantagem para as empresas é que, com a troca das informações, será possível aumentar as suas operações de crédito e reduzir a inadimplência. Por outro lado, ainda não há dados consolidados dessa mudança para o todo o mercado financeiro. Mas algumas empresas já conseguiram obter eficiência nas suas operações.

Segundo a Klavi, plataforma de Software as a Service (SaaS) de Open Finance e empresa especializada em processamento de dados financeiros, as instituições atendidas pela companhia conseguiram aumentar em 30% a aprovação de crédito e reduzir a inadimplência em 25%.

“Uma das grandes dificuldades que empresas têm na concessão de crédito é a falta de informação financeira dos consumidores”, afirma Bruno Chan, CEO da Klavi. “Há uma parcela significativa de consumidores que possuem bons históricos de pagamento, mas não são vistos. Por meio do Open Finance, esse público pode compartilhar suas movimentações financeiras e conseguir ter acesso a crédito novamente”, avalia Chan.

Conteúdos e análises exclusivas para ajudar você a investir. Faça seu cadastro na Ágora Investimentos

Nossos editores indicam estes conteúdos para você investir cada vez melhor
Do pão ao plano de saúde: como driblar a inflação alta
O que é Open Finance e como funciona?
  • Conteúdo E-Investidor
  • Dívida
  • Educação Financeira
  • Juros

FAQs

Qual a taxa de juros permitida por lei para empréstimo? ›

A taxa legal para juros compensatórios é a de 1% ao mês, a norma referida na Lei de Usura permite que os contratantes pactuem uma taxa máxima de 2% ao mês, correspondendo ao total de 24% ao ano.

O que é juros na educação financeira? ›

Portanto, pode-se dizer que juro é o “ aluguel do dinheiro ”, ou seja, quem faz um empréstimo em dinheiro ou faz uma compra a crédito, geralmente terá que pagar um acréscimo pela utilização do dinheiro ou pelo parcelamento da totalidade do valor do bem, que são calculados a partir de uma taxa percentual, chamada taxa ...

Como fazer o calculadora de juros de empréstimo? ›

Primeiro mês: 1.000 x 0,08 = 80 → R$ 80 é o valor dos juros que você vai pagar no primeiro mês. Terceiro mês: 1.000 + 80 (juros do primeiro mês) + 86,40 (juros do segundo mês) = 1.166,40 → é sobre esse valor que será aplicada a taxa de juros para definir o valor a ser pago no terceiro mês.

Qual banco tem a menor taxa de juros para empréstimo pessoal 2022? ›

Banco com a menor taxa de juros para empréstimo pessoal em 2022
InstituiçãoModalidadeTaxa de juros (%) ao ano
Banco do BrasilEmpréstimo pessoal61,71
Caixa Econômica FederalEmpréstimo pessoal26,46
Itaú UnibancoEmpréstimo pessoal71,78
Banco SantanderEmpréstimo pessoal76,69
3 more rows

O que diz o artigo 406 do Código Civil? ›

O Código Civil, em seu artigo 406, dispõe sobre a incidência dos juros moratórios cabíveis nas obrigações pecuniárias, cuja aplicação deve ocorrer conforme a hipótese cabível, quais sejam ou a convenção das partes num determinado contrato, ou a proveniente de lei especial, e, na falta de uma delas aplica-se a taxa ...

Quando a taxa de juros é abusiva? ›

Como regra, juros superiores ao patamar de 50% da média do mercado é considerado abusivo.

Qual é o objetivo da educação financeira Brainly? ›

Segundo a OCDE (2005), educação financeira é “o processo mediante o qual os indivíduos e as sociedades melhoram a sua compreensão em relação aos conceitos e produtos financeiros, de maneira que, com informação, formação e orientação, possam desenvolver os valores e as competências necessários para se tornarem mais ...

O que é educação financeira pessoal? ›

O que é educação financeira pessoal? Educação financeira pessoal envolve diversos aspectos do cotidiano, desde coisas mais básicas para sua saúde financeira como saber consumir conscientemente, utilizar o cartão de crédito de forma responsável até conhecimentos sobre o mercado financeiro e investimentos.

O que escrever sobre educação financeira? ›

A educação financeira pode influenciar a pessoa e o modo como ela se relaciona com as pessoas ao seu redor, desse modo é essencial que a pessoa tenha um conhecimento de como lidar com suas finanças, seja isso para gerar seus próprios custos de vida ou até mesmo para poder investir em uma carreira que seja focada em ...

Como é feito o cálculo de empréstimo pessoal? ›

Como calcular juros de empréstimo pessoal

O cálculo de juros do empréstimo pessoal segue a regra de juros compostos, considerando juro sobre juro. Nesse caso, a taxa é sempre calculada em cima do valor inicial (aquele que você pegou emprestado) mais o valor dos juros cobrados no mês anterior.

Como calcular juros de 1000 reais? ›

J = 1000,00 x 0,05 = R$ 50,00

Ou seja, todos os meses, além de pagar a parcela referente aos 1.000,00, deve-se pagar os juros de R$ 50,00.

Como calcular juros de 1% ao mês? ›

Nos juros simples, basta dividir a taxa anual pelo número de meses. Por exemplo, uma taxa de 12% ao ano, equivale a 1% ao mês (12/12).

Qual a taxa de juros do empréstimo Nubank? ›

O banco digital Nubank oferece empréstimo pessoal com taxas de juros a partir de 0,95% ao mês. No próprio site da fintech, são esclarecidas as formas como são cobrados os juros. O processo é personalizado para cada cliente. A composição de todos esses custos é chamada de Custo Efetivo Total (CET).

Qual o melhor lugar para fazer um empréstimo pessoal? ›

Conheça os 7 melhores lugares para contratar um empréstimo pessoal
EmpresaTaxa de juros (ao mês)
GeruA partir de 2%
NubankA partir de 2,1%
KeroGranaA partir de 2,97%
LendicoA partir de 3,2%
3 more rows

Qual o melhor banco para pedir empréstimo pessoal? ›

De acordo com o relatório do Bacen, o melhor banco para empréstimo pessoal é o Banco Andbank, que tem a menor taxa de juros, com tarifas a partir de 12,96% ao ano. Já entre os grandes bancos, o melhor é a Caixa Econômica, com tarifas a partir de 35,96% ao ano. Banco Andbank S.A. Banco Modal S.A.

Qual é a taxa de juros legais? ›

°, do Código Tributário Nacional (CTN), que determina que "se a lei não dispuser de modo diverso, os juros de mora são calculados à taxa de um por cento ao mês." Assim, a taxa de juros legais seria de 1% ao mês, totalizando 12% ao ano.

O que quer dizer juros de mora? ›

Juros de mora (também chamado de juros moratórios) é uma modalidade de juros que visa ressarcir o credor diante de uma atraso no pagamento de uma dívida. Exprimidos em um percentual fixo, eles incidem sobre qualquer tipo de débito.

É permitida a capitalização anual de juros no mútuo destinado a fins econômicos? ›

Art. 591. Destinando-se o mútuo a fins econômicos, presumem-se devidos juros, os quais, sob pena de redução, não poderão exceder a taxa a que se refere o art. 406, permitida a capitalização anual.

Como reclamar de juros altos? ›

Para que você entre com uma Ação Revisional de Juros, aconteça, é necessário recorrer à Justiça Comum ou ao Procon. Nesse sentido, o Procon é um órgão de fácil acesso à população e certamente será o lugar correto para buscar seus direitos através do CDC.

Como tirar os juros de uma dívida? ›

Saindo das dívidas
  1. Conheça seu atual orçamento. ...
  2. Estipule um valor máximo para pagamento. ...
  3. Sempre que possível, pague suas parcelas adiantadamente. ...
  4. Troque de dívida. ...
  5. Procure manter a reputação de bom pagador. ...
  6. Procure refinanciar suas dívidas. ...
  7. Se a negociação não te ajudar, procure a portabilidade.
15 Dec 2020

Como reduzir os juros abusivos? ›

Infelizmente isso não é possível. O que é possível fazer é uma ação revisional que é a parte responsável para abaixar o valor dos juros no contrato. Uma vez que foram detectados os juros altos, você deve abrir o processo de ação revisional, para que uma pessoa responsável possa revisar e tomar suas devidas resoluções.

Como a educação financeira pode ser útil na sua vida pessoal e profissional? ›

E é comprovado! Pessoas com educação financeira conseguem ter mais consciência e pé no chão quando o assunto é orçamento pessoal e, por esse motivo, vive uma vida sem preocupações financeiras e lida com seu dinheiro de maneira que ele não controle as suas ações.

Qual a importância da educação financeira para as pessoas? ›

A educação financeira é importante para pessoas em qualquer faixa de renda, que buscam tranquilidade e segurança material para aproveitar a vida da maneira que acharem mais conveniente. Saber ganhar, economizar e investir os seus recursos é a melhor maneira de garantir essa segurança.

O que fazer para melhorar a educação financeira no Brasil? ›

Veja 10 dicas de educação financeira
  1. Trabalhe, economize e invista. ...
  2. Comece com 1 Real, mas pense no primeiro milhão. ...
  3. Gaste menos do que ganha. ...
  4. Gaste no máximo na velocidade dos juros simples e invista de olho no benefício dos juros compostos. ...
  5. Não perca muito tempo com o passado.

Qual é o principal objetivo da educação financeira? ›

A educação financeira para crianças e jovens

Além de ensiná-los a se organizarem financeiramente, a prática permite o desenvolvimento de comportamentos que podem fazer a diferença no futuro, como autocontrole emocional, disciplina, organização e planejamento, gestão e inteligência financeira.

Quais são os tipos de educação financeira? ›

Quais os tipos de Educação Financeira?
  • Educação Financeira Pessoal. ...
  • Educação Financeira Familiar. ...
  • Educação Financeira Empresarial. ...
  • Produzir dinheiro. ...
  • Administrar dinheiro. ...
  • Investir dinheiro. ...
  • Empreender dinheiro. ...
  • Faça um planejamento de gastos.

Como começar a redação? ›

7 dicas de sucesso para começar uma redação
  1. 1 Estude temas gerais. ...
  2. 2 Tenha atenção ao português e às normas gramaticais. ...
  3. 3 Escreva seu rascunho já com os argumentos que utilizará na redação. ...
  4. 4 Use estatísticas, caso saiba alguma. ...
  5. 5 Não use gírias ou clichês. ...
  6. 6 Faça indagações sobre o problema proposto. ...
  7. 7 Seja objetivo.
11 Dec 2020

Qual é a taxa de juros? ›

A taxa de juros é o preço do “aluguel” do dinheiro por um determinado prazo. É o percentual calculado pela divisão dos juros que foram contratados pelo capital emprestado/poupado. Um exemplo: Você empresta R$ 10.000 (capital) para um amigo e vocês combinam que o juro pago pelo empréstimo será de R$ 900 por ano.

Como calcular a taxa de juros ao ano? ›

Por exemplo, você contraiu um empréstimo que tem taxa de juros ao mês de 2%, quanto é a taxa anual? Primeiro passo é transformar o juros em decimal ao dividir por 100. Portanto, 2/100 = 0,02. Para transformar em porcentagem novamente, multiplicamos por 100.

Como fazer o cálculo de porcentagem? ›

Como fazer cálculo de porcentagem: passo a passo

Por exemplo, se você quer calcular 35% de 500, multiplique 35 por 500. Fazendo isso você obtém o valor de 35 x 500 = 17500; Divida o resultado obtido por 100. No exemplo, teríamos 17500/100 = 175.

Como calcular juros simples exercícios? ›

1) Calcule os juros simples aplicados a um capital de R$ 30.000,00, durante 5 meses, a uma taxa de 3% ao mês. A taxa mensal é 3%, temos que transformá-la em decimal, assim 3/100 = 0,03. Portanto, os juros durante 5 meses, são R$ 4.500,00. Tempo (t): 3 anos, igual a 36 meses.

Como calcular juros de 2% ao mês? ›

Por exemplo, você contraiu um empréstimo que tem taxa de juros ao mês de 2%, quanto é a taxa anual? Primeiro passo é transformar o juros em decimal ao dividir por 100. Portanto, 2/100 = 0,02. Para transformar em porcentagem novamente, multiplicamos por 100.

Como calcular juros simples exemplos? ›

Como calcular juros simples

Vamos imaginar que você emprestou R$ 1.000,00 a uma taxa de juros de 10% ao ano durante três anos. Teremos então a seguinte situação: 1º ano: R$ 1.000,00 a 10% = R$ 1.100,00 (R$ 100,00 de juros); 2º ano: R$ 1.100,00 a 10% = R$ 1.200,00 (+ R$ 100,00 de juros);

Como calcular juros de 6% ao mês? ›

Os juros são calculados considerando o período de tempo em que o capital ficou aplicado ou emprestado. Portanto, você pagará o total de 120 reais de juros. Para calcular o juros mensal, basta dividir 120 por 6. Ou seja, em cada mês, você pagará 20 reais de juros.

Como calcular juros simples é juros compostos? ›

J = C × i × t
  1. J = juros simples;
  2. C = capital inicial;
  3. i = taxa de juros;
  4. t = tempo da aplicação.

Que taxa mensal de juros simples um capital de R$ 500 00 aplicado durante 10 meses produz R$ 150 00 de juros? ›

Portanto, a taxa que deve ser imposta ao capital de 500 reais, durante 10 meses, para gerar um juros de 150 reais, é de 3% ao mês.

Qual a taxa de juros permitida por lei para financiamento 2022? ›

O COPOM - Comitê de Política Monetária do Banco Central decidiu na última reunião reajustar, a partir de 03/02/22, a taxa Selic de 9,25% a.a para 10,75% a.a. A próxima reunião está prevista para ocorrer nos dias 15 e 16 de marco de 2022.

Qual é a taxa de juros legais? ›

°, do Código Tributário Nacional (CTN), que determina que "se a lei não dispuser de modo diverso, os juros de mora são calculados à taxa de um por cento ao mês." Assim, a taxa de juros legais seria de 1% ao mês, totalizando 12% ao ano.

Qual a taxa de juros que devemos cobrar ao emprestar dinheiro? ›

406 do CC e o art. 161 do CTN. Em suma, se você empresta dinheiro para outra pessoa ou é o recebedor desse crédito, os juros moratórios devidos em função do atraso (e cobrados a partir deste) devem se submeter ao limite máximo de 1% ao mês.

Quanto uma financeira pode cobrar de juros? ›

"Não há limite na legislação para a cobrança de juros pelas instituições financeiras, podendo as taxas ser livremente pactuadas. As taxas de juros variam em função do risco de crédito de cada cliente, sendo necessária a análise de cada caso concreto", disse a empresa.

O que diz a Súmula 379 do STJ? ›

- Limitação dos juros moratórios: Os juros de mora, quando previamente pactuados, podem ser convencionados à taxa de 1% ao mês. Neste sentido: Os juros moratórios podem alcançar até 12% ao ano, quando pactuados.

Como saber se a taxa de juros está correta? ›

A prática de juros sobre juros é legalmente denominada como capitalização e é considerada abusiva. Para identificar esta prática, basta calcular a taxa de juros mensal e multiplicar por 12, verificando em seguida se o resultado é igual à taxa de juros anual cobrada.

Como fazer a conta de taxa de juros? ›

Aqui, a fórmula usada é a seguinte: Juros = Capital × taxa × tempo.

Qual limite máximo de juros é multa pode ser cobrado 2021? ›

“§ 1° As multas de mora decorrentes do inadimplemento de obrigações no seu termo não poderão ser superiores a dois por cento do valor da prestação.”

Como é feito o cálculo de juros ao mês? ›

Nos juros simples, basta dividir a taxa anual pelo número de meses. Por exemplo, uma taxa de 12% ao ano, equivale a 1% ao mês (12/12).

Quais são os tipos de juros? ›

7 principais tipos de juros
  1. Juros simples. Os juros simples são calculados com base em um valor fixado chamado de capital inicial. ...
  2. Juros compostos. ...
  3. Juros nominais. ...
  4. Juros reais. ...
  5. Juros de mora. ...
  6. Juros rotativos (ou juros do cartão) ...
  7. Juros sobre capital próprio.
1 Sept 2022

É pecado ser agiota? ›

Agiotagem é crime

7º da Lei 7.492/86. Essa infração tem pena de 2 a 8 anos de prisão e multa.

Como calcular juros de 1000 reais? ›

J = 1000,00 x 0,05 = R$ 50,00

Ou seja, todos os meses, além de pagar a parcela referente aos 1.000,00, deve-se pagar os juros de R$ 50,00.

O que é agiota crime? ›

Agiotagem é crime: a pena é de seis meses a dois anos de detenção e multa. A prática da agiotagem consiste em empréstimos abusivos concedidos por pessoas físicas e é difícil não ouvir falar de alguém que tomou dinheiro emprestado desta forma.

Quanto um agiota cobra por mês? ›

Os agiotas cobram em média 40% ao mês. Enquanto, bancos e instituições financeiras legalizadas os juros costumam ser de menos de 10% ao mês.

Qual o valor máximo que o banco empresta? ›

Se o financiamento se destinar à Aquisição, Construção ou Obras de beneficiação em habitação própria e permanente, o valor máximo do financiamento será o menor valor entre 80% do valor da avaliação do imóvel e 90% do valor da aquisição (ou do custo da Construção / Obras).

Qual limite máximo de juros pode ser cobrado boleto? ›

Multa por atraso em pagamento de boletos não pode ser maior que 2% da prestação.

Top Articles

Latest Posts

Article information

Author: Lidia Grady

Last Updated: 11/11/2022

Views: 6339

Rating: 4.4 / 5 (45 voted)

Reviews: 92% of readers found this page helpful

Author information

Name: Lidia Grady

Birthday: 1992-01-22

Address: Suite 493 356 Dale Fall, New Wanda, RI 52485

Phone: +29914464387516

Job: Customer Engineer

Hobby: Cryptography, Writing, Dowsing, Stand-up comedy, Calligraphy, Web surfing, Ghost hunting

Introduction: My name is Lidia Grady, I am a thankful, fine, glamorous, lucky, lively, pleasant, shiny person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.